Fundo de incentivo a empreendedoras é criado no G-20

w20

Iniciativa aumentará o acesso ao capital, fornecerá assistência técnica e investirá em projetos e programas que apoiem pequenas e médias empresas lideradas por mulheres em todo o mundo
 

 

Por Redação RME – Fernanda Salatini
 

No último dia 08, aconteceu em Hamburgo, na Alemanha, o G-20, evento que reúne as 19 principais economias do mundo para discussão sobre questões políticas relacionadas com estabilidade financeira internacional. Um dos tópicos deste ano, alinhado ao Women20 Summit, foi a criação de um fundo para ajudar mulheres empreendedoras do mundo todo, projeto elaborado por Angela Merkel, chanceler da Alemanha e Ivanka Trump, filha do Presidente dos EUA, Donald Trump.
 

A discussão segue desde abril deste ano, quando aconteceu o Women20 Summit, conferência com representantes femininas dos países membros do G-20 para consolidação do empoderamento econômico da mulher nas pautas do bloco econômico. Neste evento, que contou com a presença Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora, para representar o Brasil, foi assinado um documento que evidenciou diretrizes para que o empoderamento econômico da mulher fosse alcançado.
 

Um dos resultados das ações do W-20 foi alcançado no fim de semana passado, quando o Presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, anunciou a criação do Women Entrepreneurs Finance Initiative (em tradução livre Iniciativa de Financiamento para Mulheres Empreendedoras). Ele ainda destacou a importância do projeto, declarando que 70% dos negócios geridos por mulheres em países em desenvolvimento são fechados por não receberem os investimentos necessários para seu crescimento.
 

O fundo, que será apoiado por 12 países, contará com US$ 1 bilhão de financiamento, usado para prover recursos como mentorias, investimentos e oportunidades de mercado para mulheres empreendedoras. Até o momento, a Alemanha, Arábia Saudita, Estados Unidos e Emirados Árabes Unidos foram os países que fizeram doações ao projeto. O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que o país doará US$ 50 milhões ao fundo para incentivar o desenvolvimento de políticas mundiais para empoderar mulheres financeiramente: “Investindo em mulheres ao redor do mundo, estamos investindo em famílias, em prosperidade e em paz”.
 

A Iniciativa de Financiamento para Mulheres Empreendedoras foi apresentada primeiro pela Chanceler Alemã, Angela Merkel, durante o Women20 Summit e reforçada com o apoio de Ivanka Trump, no último sábado. Marcando presença no evento em abril, a fundadora da Rede Mulher Empreendedora, Ana Fontes, pretende ampliar a discussão de empoderamento econômico da mulher, no próximo evento da organização, o 6º Fórum Empreendedoras, que acontece no dia 19 de setembro no Maksoud Plaza, em São Paulo: “Esperamos em breve ter novidades sobre isto aqui no Brasil. As evidências são claras de que o apoio à participação econômica das mulheres gera impacto social apoiando suas famílias, comunidades e economias”.

s;